Praia do Gunga, um paraíso situado no encontro do rio com o mar

Se vocês desejam vir à Alagoas para curtir muito sol e praia, não deixem de incluir a Praia do Gunga no roteiro. O lugar é incrível e nesse post vocês irão entender o porquê! Ela está situada no município de Roteiro, aproximadamente 42 km de Maceió.

Vista aérea da Praia do Gunga. Foto: Wesley Menegari.

A praia é super conhecida pois está localizada no encontro da Lagoa de Roteiro com o Oceano Atlântico, na foto acima você podem perceber que do lado esquerdo temos a lagoa e no direito o oceano. Se destaca principalmente pela água que está sempre morna e limpinha, ideal para banhos, e se a maré estiver baixa melhor ainda! Será um passeio super relaxante.

Vista aérea da Lagoa de Roteiro na Praia do Gunga. Foto: Wesley Menegari.

Vista aérea do oceano atlântico na Praia do Gunga. Foto: Wesley Menegari.

Para chegar na praia você tem duas opções: de carro e de barco. A primeira opção é que eu sempre utilizo, pois moro em Maceió. Já na segunda opção, o passeio começa no Porto da Barra de São Miguel, município vizinho de Roteiro. No local, é possível encontrar várias embarcações que cobram uma taxa para realização da travessia. Pode ficar tranquilo, pois sempre há barcos disponíveis. Para quem não quiser precisar se preocupar, também há a opção de fechar pacotes turísticos com algumas empresas de receptivo. Entre as mais conhecidas estão: Luck ReceptivoWS Tur ou Jaraguá Turismo.

Barreia de corais na Praia do Gunga. Foto: Tales Azzi.

O primeiro ponto de parada obrigatório começa antes mesmo da praia, é o famoso Mirante do Gunga, que possui uma belíssima vista dos coqueirais até chegar ao mar. De lá, ainda é possível avistar a Lagoa de Roteiro e as falésias do Gunga. Para subir no mirante é cobrado um valor de R$ 3, mas super vale a pena pela vista. Logo ao lado do mirante está localizado um Mercado do Artesanato, onde você pode comprar várias recordações de Alagoas.

Vista do mirante da Praia do Gunga. Foto: Copa Air Lines.
Eu posando no Mirante do Gunga rs. Foto: Acervo Pessoal.

Após admirar essa vista maravilhosa, vamos seguir para a praia. Ao ir de carro, iremos nos deparar com um estacionamento logo na entrada, eles cobram uma taxa de cerca de 15 reais (irá depender se estamos na baixa ou alta temporada). Com o carro estacionado, caminhamos alguns metros e encontraremos várias pessoas vendendo passeios, entre os mais famosos estão o de buggy e quadriciclo que nos levam até as falésias. O valor é aproximadamente R$ 50 a R$ 100 por pessoa.

Tem também opções na água como o flyboard, indicado para os mais aventureiros, que alcança uma altura de até 8 metros, custa em média R$ 150; e o disco boat, uma espécie de boia com capacidade para 15 pessoas, ela é puxada por um barco e garante muitas risadas em família, seu preço é o mais econômico, aproximadamente R$ 20 por pessoa.

Muita aventura voando de flyboard. Foto: Copa Air Lines.
Passeio de Buggy nas falésias do Gunga. Foto: Copa Air Lines.

Para quem não sabe, as falésias são formações rochosas que foram erodidas pelo mar, formando verdadeiros “paredões” terrosos à beira mar. Olha só como são lindas nas fotos abaixo! Vale a pena conhecer, principalmente quem não mora em regiões litorâneas e estão acostumados com outras paisagens.

Falésias do Gunga. Foto: Wesley Menegari.
Falésias do Gunga. Foto: Kaio Fragoso.

Seguindo reto, finalmente chegaremos à praia com várias barraquinhas que dispõem de guarda sol, cadeiras, alimentos, bebidas, banheiros… ou seja, tudo que precisamos para curtir um dia de praia com muita tranquilidade. Algumas barracas cobram taxa pelo uso dos equipamentos, enquanto outras liberam a taxa em caso de consumação.

Praia do Gunga. Foto: Kaio Fragoso.

Maré baixa na Praia do Gunga. Foto: Kaio Fragoso.

Praia do Gunga. Foto: Tales Azzi.

Espero que vocês tenham gostado das dicas e venham para Alagoas aproveitar o que temos de melhor: nossas praias. Para finalizar o post irei deixar uma dica: é recomendável que levem dinheiro vivo para evitar contratempos, visto que muitos comerciantes ainda não dispõem de maquineta para pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *